Já pensou na rotina da equipe do seu cartório: quais e quantos são os processos de informatização? Os dados que você armazena e a importância deles? E quais métodos e equipamentos garantem a segurança de tudo isso? Na era digital, essas perguntas ganham ainda mais força. A má administração desses processos e a falta de suporte técnico podem levar a perda de dados importantes e essas perdas implicam em custos. 

Dois pontos dentro da segurança digital são primordiais para o bom monitoramento dos dados: um eficiente controle de acesso a conteúdos online e a boa implementação de um firewall. Veja a seguir o papel de cada uma dessas ferramentas, e como elas impactam na segurança do seu cartório.

Controle de Acesso:

O Serviço de proxy e controle de conteúdo restringe o acesso à conteúdos que podem ser acessados na internet, com ele é possível evitar acesso a páginas de pornografia, redes sociais, sites contaminados com vírus e outras distrações ou ameaças online.

Esse controle tem como função principal, proteger a navegação do computador de origem. Ele funciona como um intermediário entre o servidor e o usuário, fazendo com que todas as requisições feitas para um site a ser passem por ele, protegendo tanto as máquinas, de maneira individual, como toda a rede.

Alguns tipos de ataques que sequestram informações de empresas e clientes, usam sites maliciosos com links falsos, estes links fazem instalação de softwares que permitem acesso externo aos computadores de uma rede, com a classificação e restrição de conteúdos e sites, a probabilidade de invasão por estes métodos cai significativamente.

Esta classificação de conteúdo pode ser configurada para grupos ou um usuário específico. Por exemplo: Alguns usuários podem ou não ter o acesso à Internet, e à categorias de sites, através de restrições aplicadas ao login do próprio usuário ou ao endereço IP, garantindo ainda mais proteção.

Firewall:

A tradução do inglês sugere o que essa ferramenta desempenha. Assim como uma porta antichamas, que cortam a possibilidade de incêndio atingir o prédio todo, ela é uma barreira de proteção que bloqueia os acessos externos não autorizados a servidores e serviços na rede interna, dificultando a invasão dos dados. 

É uma barreira entre redes internas protegidas e redes externas não confiáveis – a Internet é um exemplo de rede não confiável. O Firewall verifica os acessos que podem acontecem dentro do cartório, e quais devem ser bloqueados, criando um ambiente de rede seguro.

Esse dispositivo de segurança, sendo hardware (equipamento físico), ou software (programas) monitora o tráfego de entrada e saída de dados da rede, com base em configurações de segurança, já estabelecidos pelo responsável pelo cartório e o profissional de TI contratado para esse serviço.

Uma gestão de armazenamento de dados eficaz e rápida tem muita tecnologia por trás. Monitorar a rede mostra o cuidado que os profissionais do cartório têm sobre as informações guardadas por ele, e é fundamental contar com o apoio de empresas especializadas, que, além de cuidar da infraestrutura, permite processos mais ágeis e inteligentes.

Para saber mais informações sobre essa facilidade do SetProtege, acesse: http://setprotege.settelecom.com.br/provimento74/ ou entre em contato conosco pelo (45) 3565-2433.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.